quinta-feira, 28 de abril de 2016

Menino de 3 anos afirma lembrar de sua vida anterior, localiza corpo enterrado e identifica assassino

O universo é cheio de mistérios que desafiam o nosso conhecimento atual. Em “Além da Ciência”, o site Epoch Times coletou histórias sobre alguns estranhos fenômenos para estimular a imaginação e abrir a mente para novas possibilidades. Elas são reais? Você decide.

Um menino de 3 anos de idade, da região das Colinas de Golã, perto da fronteira entre a Síria e Israel, afirma que foi assassinado com um machado em sua vida passada. Ele mostrou para os adultos de sua aldeia o local onde o assassino enterrou seu corpo, e incrivelmente, eles encontraram o esqueleto de um homem lá. Ele também indicou aos adultos onde a arma do crime estava, e através de escavações, eles encontraram um machado no local.

Em seu livro, “Children Who Have Lived Before: Reincarnation Today” (Crianças que Viveram Antes: A Reencarnação Hoje), o terapeuta alemão Trutz Hardo conta a história deste menino, junto com outras histórias de crianças que aparentemente recordaram suas vidas passadas com precisão verificada. A história do menino foi testemunhada pelo Dr. Eli Lasch, que é conhecido por desenvolver um sistema médico de Gaza como parte de uma operação do governo israelense na década de 1960. O Dr. Lasch, que morreu em 2009, relatou a surpreendente história para o Sr. Hardo.

O menino pertence à etnia drusa, e em sua cultura, a existência da reencarnação é aceita como fato. Sua história, no entanto, teve o poder de surpreender sua comunidade.

Ele nasceu com uma longa e vermelha marca na cabeça. Os drusos acreditam, assim como algumas outras culturas, que marcas de nascença estão relacionadas com a morte em vidas passadas. Quando o menino tinha idade suficiente para falar, ele relatou à sua família que havia sido assassinado com um golpe de machado na cabeça.


É um costume os adultos levarem as crianças, com 3 anos, para a casa de sua vida anterior, caso a criança recorde o local. O menino sabia em qual aldeia ele havia morado, deste modo eles foram até lá. Ao chegarem à aldeia, o garoto lembrou qual era seu nome em sua vida passada.

Os moradores do vilarejo disseram que o homem que o menino afirmava ser a sua reencarnação tinha sido dado como desaparecido quatro anos antes. Os amigos e família pensavam que ele poderia ter se perdido no território hostil das proximidades, como era costumeiro acontecer.

O menino também lembrou o nome completo do seu assassino. Quando confrontado com as alegações, o rosto do suposto assassino ficou branco, segundo Lasch, no entanto, ele não confessou o assassinato. O menino então disse que poderia levar os adultos ao local onde o corpo foi enterrado. No local, eles encontraram o esqueleto de um homem que possuía um ferimento na cabeça, que correspondia à marca de nascença do garoto. Eles também encontraram o machado, a arma do crime.

Diante desta evidência, o assassino admitiu o crime. Dr. Lasch, o único não pertencente à etnia druso, esteve presente ao longo de todo o processo.

Para conhecer mais histórias como esta, leia o trabalho do Sr. Hardo, “Children Who Have Lived Before” (As Crianças que Viveram Antes). 



Fonte: Epoch Times



13 Comentários:

marruá disse...

Eu conheci um menino em Barra de Guaratiba que também contava uns fatos esquisitos que aconteceu com ele, que nem a mãe nem o pai sabiam, ele dava outro nome indicava que morava em outro lugar e dizia que tinha 2 irmãos sendo que ele era filho único e também tinhs 3 anos.

Unknown disse...

se ele morreu de machadada como ele sabe onde o criminoso guardou o machado se ja estava morto

Unknown disse...

Esse caso foi documentado pelo Discovery Channel se não me engano.

Helio Nobre disse...

Unknown.. Boa pergunta!

rodrigo vilemen disse...

Simples.O criminoso, matou a parti física, não matou o espirito. Claro que o espirito viu tudo que se passou!!

Unknown disse...

Exatamente rodrigo vilemen..o que morre e o corpo físico e a alma permanece intacta..pra quem conhece um pouco do espiritismo sabe

Alessandra Antonowiski disse...

verdade a reencarnação existe sim, mas muitos são que nem são tomé tem que ver pra crêr nosso corpo morre mas o espirito não.

rodrigov8ao disse...

E ainda existem pessoas que se dizem céticas!, eu digo que são pessoas preguiçosas que não querem ler e estudar, pois se dizem cristãos em sua maioria, mas não praticam os ensinamentos do mestre, principalmente aquele que diz;"Buscai a verdade pois ela voz libertará", então para quem não acredita busquem a verdade.

Marinho Alcalá disse...

Não existe reencarnação, os espíritos já existentes (não de quem morreu) se prove de situações e confundem as pessoas. Os espíritos dos mortos estão "suspenso" e aguarda chamado para o julgamento.

Santa Ellwanger disse...

QUE JULGAMENTO? Para isso existe a reencarnação, o espirito volta em outro corpo para poder resgatar suas dividas e evoluir, este é o julgamento, retorna para expiação ou mesmo para ajudar a outros espíritos em evolução.

Pedro Tutoriais Games disse...

Kkkkkkk existe várias religiões mais no fim veremos qual caminho dessas pessoas que não seguiram a Deus

marcello lemos disse...

Eu sempre vejo amigos meus ou pessoas morrendo antes de acontecer e sempre mottem sobre o que vem na cabeça, e tbm sobre mudanças de tempos como chuva ,bentos fortes tenho costume de dizer que ira acontecer... e sempre acontece

João Gilves disse...

''Existem mais segredos entre os céus e a terra que o homem ainda desconhece! Qdo alguma coisa acontece e o homem desconhece, costuma dizer que é ''Obra do Divino'' mas não procura entender ou procurar saber a razão... e fica por isso mesmo sem resposta!...

Postar um comentário

  ©Noticias - Todos os direitos reservados.

Template by Marcelo Teles | Topo